Chave principal do 12º Tennis Classic Vivo Nokia Rio Quente Resorts começa nesta segunda-feira

Foto: Wander Roberto

Gaúcho Marcelo Demoliner, cabeça-de-chave 1, estreia contra seu conterrâneo Fabrício Neis

A abertura da chave principal do 12º Tennis Classic Vivo Nokia Rio Quente Resorts, nesta segunda-feira, nas quadras rápidas do Resort goiano, promete emoção. Especialmente na partida que reúne o cabeça-de-chave 1 do torneio e uma das promessas da nova geração do tênis brasileiro, o gaúcho Marcelo Demoliner, de 21 anos. Ele enfrenta seu amigo de infância e parceiro de treinamento, Fabrício Neis, de 19 anos. Apesar do tratamento cordial fora das quadras, na hora do jogo, a história é outra.

“Amigos, amigos, negócios à parte”, avisa Demoliner. “Vou respeitá-lo, claro, mas estou muito bem treinado e entrarei com todo gás. Nossas vantagens serão saber explorar o ponto fraco do outro”, acrescenta Demoliner. Neis concorda. “É uma situação delicada vibrar com o erro do amigo e parceiro de treino, mas espero que seja uma boa partida para os dois, e que vença quem estiver melhor”, diz Neis. Em jogo neste Future está uma premiação total de US$ 15 mil. A programação começa às 10h.

Os dois jogadores que receberam o convite da CBT (Confederação Brasileira de Tênis) para disputar a chave principal são o goiano de 16 anos, Gabriel Barbosa, e o brasiliense Gabriel Pimental. Os dois se enfrentam nesta segunda-feira. Barbosa joga pela primeira vez a chave principal de um torneio profissional. Pimentel já venceu dois pré qualifyings e se diz preparado para o torneio depois de um ano afastado devido a uma lesão no ombro. “O que mais quero é pontuar aqui para tentar entrar no ranking mundial”, diz Pimentel. Quem levar a melhor vai enfrentar o vencedor do confronto entre Demoliner e Neis.

Alexandre Bonatto, cabeça dois do torneio, enfrenta o paraguaio naturalizado italiano Daniel-Alejandro Lopez. Campeão de três Futures em 2009, Bonatto, que treina no Rio Grande do Sul, engrossa a lista de gaúchos nesta 12ª edição do Tennis Classic Vivo Nokia Rio Quente Resorts. Seu adversário vem de um vice-campeonato no Future de Brasília em abril.

Neste domingo foram conhecidos os jogadores que passaram o quali. A maioria dos cabeças-de-chave se classificou. Idio Escobar venceu Leandro Ribeiro por 7/6 (5), 0/6 e 6/3. Sérgio Galdos, do Peru, bateu Victor Morales, do Chile, por 6/3 e 6/4. Miguel Varela-Reyes, do México, venceu Ronaldo Carvalho por 6/2 e 6/4. Fabiano de Paula ganhou de Gabriel Pereira por duplo 6/1. Eduardo Dischinger venceu William Franco por 6/3 e 7/5. Juan Carlos Saez, do Chile, levou a melhor contra o chileno Nicolas Kauer por 6/2 e 6/3. Javier Munhoz, do Chile, bateu o peruano Francisco Carbajal por 6/3 e 6/1.

Colaboração: Portal Tênis Virtual, Diana Gabanyi, foto Wander Roberto

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: